Dicionário


Embora o Blog busque usar sempre termos mais simples e de fácil assimilação, por vezes é impossível substituir um termo. Assim, especialmente para o leitor iniciante, o Alvorada Sonora oferece um pequeno dicionário com alguns termos mais frequentes em nossas publicações:

Blues: é um gênero e forma musical originado por afro-americanos no extremo sul dos Estados Unidos em torno do fim do século XIX. O gênero se desenvolveu a partir de raízes das tradições musicais africanas, canções de trabalho afro-americanas, spirituals e música tradicional. O blues incorporou spirituals, canções de trabalho, canto de campo, ring shout, chant e baladas narrativas simples e rimadas. A forma do blues, onipresente no jazz, no rhythm and blues e no rock and roll, é caracterizada pelo padrão de chamada e resposta, pela escala de blues e por progressões de acordes específicas, das quais o blues de doze compassos é o mais comum. Blue note é uma nota cantada ou tocada com um timbre ligeiramente mais baixo do que o da escala maior, o que faz com que a nota tenha um som distintivamente triste e melancólico; a própria palavra "blues", em inglês, é sinônimo de melancolia. Blues shuffles ou linha de baixo reforçam o ritmo de transe e formam um efeito repetitivo conhecido como groove.

Country: A música country (ou simplesmente country) é um gênero de música popular dos Estados Unidos, originado no sul do País na década de 1920. O estilo tem suas raizes no sudeste dos Estados Unidos, como a música tradicional (especialmente a música do povo dos Apalaches) e blues. As melodias do blues têm sido amplamente utilizadas em toda a sua história. A música country consiste frequentemente em baladas e melodias de dança, geralmente formas e harmonias simples acompanhadas de instrumentos de corda, tais como banjo, guitarra acústica, dobro e violino, bem como harmônica. De acordo com Lindsey Starnes, o termo música country ganhou popularidade na década de 1940. O termo country é usado hoje para descrever muitos estilos e subgêneros. As origens da música country são a música tradicional da classe trabalhadora americana, que misturava canções populares e melodias celtas e irlandesas do fiddle, baladas tradicionais inglesas, canções de cowboy e várias tradições musicais de imigrantes europeus.

Jazz: é uma manifestação artístico-musical originária de comunidades de Nova Orleães, nos Estados Unidos. Tal manifestação teria surgido por volta do final do século XIX na região de Nova Orleães, tendo origem na cultura popular e na criatividade das comunidades negras que ali viviam, um de seus espaços de desenvolvimento mais importantes. O jazz se desenvolveu com a mistura de várias tradições religiosas, em particular a afro-americana.

MPB: sigla derivada da expressão Música Popular Brasileira, é um gênero musical surgido no Brasil em meados da década de 1960. A MPB surgiu a partir de 1966 na cidade do Rio de Janeiro com a segunda geração da bossa nova, mas com uma forte influência do folclore brasileiro que já vinha desde 1932. Na prática, a sigla MPB anunciou uma fusão de dois movimentos musicais até então divergentes, a bossa nova e o engajamento folclórico dos Centros Populares de Cultura da União Nacional dos Estudantes. Os primeiros defendendo a sofisticação musical e os segundos, a fidelidade à música de raiz brasileira. Seus propósitos se misturaram e, com o golpe de 1964, os dois movimentos se tornaram uma frente ampla cultural contra o regime militar, adotando a sigla MPB na sua bandeira de luta.

Música Instrumental: A expressão música instrumental distingue toda música produzida exclusivamente por instrumentos musicais. Porém, ao contrário do que parece, a música instrumental não é necessariamente desprovida da voz e do canto. Em alguns casos, como "Taiane", do brasileiro Hermeto Pascoal, ou "The Great Gig in the Sky", da banda inglesa de rock progressivo Pink Floyd, a voz é usada como instrumento musical.

Pop: A música pop (em inglês: pop music) é um gênero da música popular que se originou durante a década de 1950 nos Estados Unidos e Reino Unido. Geralmente é visto como sinônimo de "música popular", embora este termo seja usado para todos os estilos musicais surgidos no povo, em contraponto com a música clássica, feita por uma classe intelectual. A música pop é eclética, e muitas vezes incorpora elementos de outros estilos, como o urban, dance, rock, música latina, soul e country. No entanto, existem elementos principais que definem a música pop: as canções do gênero são geralmente de duração média-curta, escritas em um formato básico (muitas vezes a estrutura verso-refrão), empregam refrões e batidas repetidas, ganchos, são super produzidas, as letras abordam temas universais, como amor - nada específico demais para atingir um maior número de pessoas -, o que torna a música pop facilmente atraente a qualquer ouvinte, por isto é o gênero musical mais comercial.

Soul: Soul (em português: alma ) é um gênero musical dos Estados Unidos que nasceu do rhythm and blues e do gospel durante o final da década de 1950 e início da década de 1960 entre os negros. Durante a mesma época, o termo soul já era usado nos Estados Unidos como um adjetivo usado em referência ao afro-americano, como em "soul food" ("comida de alma"). Esse uso apareceu justamente numa época de vários movimentos sociais, tanto com a revolução dos jovens, como os movimentos antiguerra e antirracistas. Por consequência, a "música soul" nada mais era que uma referência à música negra, independentemente de gênero.

Fonte: Wikipédia

  • Compartilhe: