JAMES BROWN AND THE FAMOUS FLAMES - THINK! (1960)

By Daniel Benedetti - julho 24, 2019



Neste pequeno texto, vai se tratar de uma obra do começo da carreira do famoso James Brown, de modo sucinto, quando ele ainda era acompanhado pelo grupo The Famous Flames.


Think! é o terceiro álbum de Brown, creditado como James Brown and the Famous Flames, gravado e lançado em 1960 pelo selo King Records.

O The Famous Flames foi um grupo vocal americano, de rhythm and blues, fundado em Toccoa, Estado norte-americano da Georgia, em 1953, por Bobby Byrd.

Brown se juntou ao grupo de Byrd em 1954. O grupo evoluiu de the Gospel Starlighters, um grupo gospel a capella, para um grupo de R&B com o nome de Avons. Ele supostamente se juntou à banda depois que um de seus membros, Troy Collins, morreu em um acidente de carro.

Junto a Brown e a Byrd, o grupo consistia de Sylvester Keels, Doyle Oglesby, Fred Pulliam, Nash Knox e Nafloyd Scott. Influenciados por grupos de R&B como Hank Ballard and the Midnighters, the Orioles e Billy Ward and His Dominoes, o grupo mudou seu nome, primeiro para Toccoa Band e depois para Flames.

O irmão de Nafloyd, Baroy, mais tarde se juntou ao grupo como baixista, e Brown, Byrd e Keels trocaram de posições de vocais e instrumentos, muitas vezes tocando bateria e piano. Johnny Terry juntou-se mais tarde, época em que Pulliam e Oglesby haviam saído.

James Brown
Berry Trimier tornou-se o primeiro gerente do grupo, registrando-os em festas perto de universidades na Geórgia e na Carolina do Sul. O grupo ganhou uma reputação como um bom ato ao vivo, quando eles se renomearam como The Famous Flames.

Em 1955, o grupo havia contatado Little Richard enquanto se apresentava em Macon. Richard convenceu o conjunto a entrar em contato com seu empresário na época, Clint Brantley, em sua boate. Brantley concordou em gerenciá-los depois de ver um teste do grupo. Ele então os enviou para uma estação de rádio local para gravar uma demo session, onde eles fizeram sua própria composição “Please, Please, Please”, que foi inspirada quando Little Richard escreveu as palavras do título em um guardanapo e Brown estava determinado a fazer uma música dele.

O The Famous Flames acabou assinando com a King Records e lançou uma versão regravada de “Please, Please, Please”, em março de 1956. A música se tornou o primeiro hit de R&B do grupo, vendendo mais de um milhão de cópias. Nenhum de seus acompanhamentos obteve sucesso semelhante.

Em 1957, Brown havia substituído Clint Brantley e contratado Ben Bart, chefe da Universal Attractions Agency. Naquele ano, os Flames originais se separaram, depois que Bart mudou o nome do grupo para James Brown and the Famous Flames.

Em outubro de 1958, Brown lançou a balada “Try Me”, que atingiu o primeiro lugar na parada de R&B, no começo de 1959, tornando-se o primeiro sucesso no topo de alguma parada. Logo depois, ele recrutou sua primeira banda, liderada por JC Davis, e se reuniu novamente com Bobby Byrd, o qual formou uma nova line up da Famous Flames, que incluía Eugene ‘Baby’ Lloyd Stallworth e Bobby Bennett, com Johnny Terry às vezes como ‘quinto Flame’.

Brown, the Flames, e toda sua banda debutaram no Apollo Theater, em 24 de abril de 1959, abrindo para o ídolo de Brown, Little Willie John. A Federal Records lançou dois álbuns creditados a Brown and the Famous Flames (ambos continham singles lançados anteriormente).

Em 1960, Brown começou a multitarefa no estúdio de gravação envolvendo ele próprio, seu grupo de cantores, o Famous Flames, e sua banda, uma entidade separada do The Flames, às vezes chamada de James Brown Orchestra ou James Brown Band.

Naquele ano, a banda lançou o sucesso “(Do the) Mashed Potatoes”, pela Dade Records, de propriedade de Henry Stone, anunciado sob o pseudônimo de ‘Nat Kendrick & the Swans’, devido a problemas com o selo. Como resultado de seu sucesso, o presidente da King Records, Syd Nathan, mudou o contrato de Brown para o selo principal da gravadora, que, segundo Brown em sua autobiografia, significava ‘você recebeu mais apoio da empresa’.

Think! é o terceiro álbum de estúdio de James Brown and The Famous Flames, e contou com os singles de sucesso “Baby You're Right” e o cover de “Bewildered”, além do hit (a faixa título), “Think”, originalmente gravada pelos The "5" Royales.

O disco também inclui os sucessos nacionais “I'll Go Crazy”, “This Old Heart” e “Baby, You're Right”, o hit regional “Good Good Lovin'” e o dueto de Brown com Bea Ford, “You've Got the Power”.

Brown e a Famous Flames
A dançante “Think” abre o disco, com um ritmo contagiante e, conforme foi mencionado, trata-se de um cover da faixa gravada originalmente pelo The "5" Royales e composta por Lowman Pauling. “Good Good Lovin'” continua com a pegada da canção anterior, em ótima atuação de Brown. “Wonder When You're Coming Home” é mais contida e intimista, mas, mesmo assim, é uma música cativante, com o baixo marcante. “I'll Go Crazy” é mais bluesy e com ótimo trabalho de sax!

This Old Heart” é uma faixa animada em que a bateria é um bom destaque e o solo de saxofone empolga. “I Know It's True” é uma baladinha, com excelentes vocais de Brown. A versão para o clássico “Bewildered” é bem emocional, apresentando uma atuação marcante da the Famous Flames. “I'll Never Let You Go” aponta para o futuro musical de Brown, uma canção inflamada!

O belíssimo dueto de Brown com Bea Ford é um ponto alto do disco, na tocante “You've Got The Power”. Brown continua com vocais inspirados em “If You Want Me”, outra vez com a participação providencial da Famous Flames. “Baby You're Right” continua com o ritmo mais lento, em outra faixa que se apresenta como uma balada. “So Long” encerra o trabalho com esta mesma musicalidade mais contida, explorando o irretocável talento vocal de James Brown.

Think! é um álbum que merece ser apreciado com calma, sendo uma pequena amostra de todo o talento de James Brown e sua incrível capacidade para cantar, mesclando faixas dançantes com outras mais intimistas, mas, todas, com atuação impecável do cantor.

Ao todo, o álbum apresenta nada menos que sete sucessos nacionais de paradas pop e R&B, e alguns hits regionais também.

Faixas:
01. Think (Pauling) - 2:50
02. Good Good Lovin' (Brown/Shubert) - 2:17
03. Wonder When You're Coming Home (Brown) - 2:33
04. I'll Go Crazy (Brown) - 2:09
05. This Old Heart (Brown) - 2:11
06. I Know It's True (Brown) - 2:43
07. Bewildered (Powell/Whitcup) - 2:25
08. I'll Never Let You Go (Brown) - 2:20
09. You've Got the Power (Brown/Terry) - 2:22
10. If You Want Me (Brown) - 2:26
11. Baby, You're Right (Brown/Tex) - 3:07
12. So Long (Harris/Melsher/Morgan) - 2:50

Formação:
James Brown - Vocal Principal

and the Famous Flames:
Bobby Byrd - Vocais, Piano
Bobby Bennett - Vocais
Baby Lloyd Stallworth - Vocais, Hammond
Bill Hollings - Vocais
Johnny Terry - Vocais


  • Compartilhe:

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

2 comentários

  1. Texto muito rico... de conteúdo impressionante!!!! Vale muito a leitura para os amantes da boa música!!!

    ResponderExcluir